sexta-feira, 14 de junho de 2019

Proventos e Investimentos - Junho 2019

Parcial de junho: 


Carteira 1,84% x 1,04% Ibovespa 

Proventos:

Tesouro Direto (cupons)

Yield de 0% no mês (4,25%* no ano)

Ações (dividendos e JCP)

- ITUB3      R$ 0,015/ação
- CIEL3     R$ 0,126/ação*

Yield de 0,08% no mês (1,95% no ano)**

*valores líquidos, já descontado o IR correspondente.
**contando o lucro da venda das PTBL3, 3,55% no anual.


Compras do mês: Porto Seguro.

Bom, era isso. Um ótimo final de junho a todos!

sexta-feira, 31 de maio de 2019

Fechamento - Maio 2019

Atualização da carteira em 31/05/2019:

Com base na planilha de cotas do AdP, a carteira...

 

... teve uma desvalorização de -0,60% no mês (Ibovespa 0,70%)
... valorizou 2,60% no ano (Ibovespa 10,40%)
... tem uma rentabilidade histórica de 40,62
%
... teve um crescimento do capital de -0,20% no mês
... tem um crescimento do capital histórico de 208,91% (jan/2013).

Com relação aos proventos (calculados pelo preço médio de compra dos ativos):

Yield das ações no mês: 2,05% (no ano, 3,47%)
Yield do TD no mês: 0,00%* (no ano, 4,25%*)
Yield em maio: 1,80% (no ano, 3,57%)


 
Já a divisão da carteira ficou assim:




Ações:

ABEV3      10,05% 
CIEL3         3,45
GRND3      8,69%
ITUB3       17,23%
LREN3      10,71%
MDIA3        8,31%
TAEE11     12,15%
VALE5      18,51% 
WEGE3    10,90%

TD:
NTN-F 010121 43,93% 
NTN-F 010123 14,96
NTN-F 010125 15,10%
NTN-F 010127 17,30%
NTN-F 010129   8,71%

Um mês mais tranquilo. Com protestos, mas sem maiores contratempos.

A renda variável seguia um caminho parecido com o ano passado, mas no final reverteu a queda bem acentuada que vinha ocorrendo nas cotações. O Ibovespa, inclusive, conseguiu fechar no positivo. Minha carteira teve caminho parecido, mas ainda faltou um pouco para fazer o mesmo movimento.


Proventos:


- ITUB3      R$ 0,015/ação
- TAEE11    R$0,41/ação*
- GRND3    R$0,178/ação*

Neste mês também houve bonificação de ações por parte das Lojas Renner, na proporção de 1:10.

Compras de maio: Ambev, Grendene, Itaú e Lojas Renner.

Venda do mês: Portobello.


Proventos previstos para junho:

- ITUB3      R$ 0,015/ação
- CIEL3      R$ 0,126/ação*

*valores líquidos, já descontado o IR correspondente.


a penúltima semana de abril começou a divulgação dos balanços do primeiro trimestre de 2019. As divulgações seguirão até a terceira semana de maio.

Segue relação dos ativos da minha carteira de ações com seus respectivos resultados do 1t19 (ou sua data de divulgação):

Ambev:              R$2,749B
Cielo:                 R$ 589M
Grendene:         R$   77M
Itaú:                   R$6,903B
Lojas Renner    R$ 162M
M. Dias Branco R$   57M
Taesa:               R$ 160M
Vale:                 (R$6,546B)
Weg:                 R$ 308M


Uma coisa que me surpreendeu positivamente este mês foi a forma com que eu encarei o lucro proveniente da venda de ações.


Em parte pelo motivo preponderante da venda não ter sido consolidar o lucro da operação, em parte por já ter bem claro na minha cabeça que o foco de longo prazo está no acúmulo de bons ativos, foi estranho acreditar que ganhei alguma coisa além de ativos de melhor qualidade ao girar parte do meu patrimônio.

Posso estar falando besteira? É claro que sim... Me julguem.rs



Bom, era isso. Um ótimo mês de junho a todos!

quinta-feira, 16 de maio de 2019

Proventos e Investimentos - maio 2019

Parcial de maio: 


Carteira -5,41% x -6,57% Ibovespa 

Proventos:

Tesouro Direto (cupons)

Yield de 0% no mês (4,25%* no ano)

Ações (dividendos e JCP)

- ITUB3      R$ 0,015/ação
- TAEE11   R$0,41/ação*
- GRND3    R$0,178/ação*

Yield de 0,45% no mês (1,87% no ano)**

*valores líquidos, já descontado o IR correspondente.
**contando o lucro da venda das PTBL3, 2,05% no mensal e 3,47% no anual.

Neste mês também houve bonificação de ações por parte das Lojas Renner, na proporção de 1:10.

Compras do mês (aporte): Grendene e Lojas Renner.

Compras do mês (realocação): Itaú e Ambev.

Venda do mês: Portobello.

Algum motivo em particular? Basicamente, os resultados do último ano foram muito ruins. O do 1t19 em particular foi de chorar em alemão.rs

Como já estava reticente com a empresa - ela só lucrou em 2018 porque teve R$182 milhões em não recorrentes fiscais - e sabedor de que se tratava de um turnaround, resolvi encerrar a posição com lucro (quase 50% de retorno entre capital + proventos recebidos).

Bom, era isso. Um ótimo final de maio a todos!

terça-feira, 30 de abril de 2019

Fechamento - Abril 2019

Atualização da carteira em 30/04/2019:

Com base na planilha de cotas do AdP, a carteira...

 

... teve uma valorização de 1,22% no mês (Ibovespa 0,98%)
... valorizou 3,24% no ano (Ibovespa 9,63%)
... tem uma rentabilidade histórica de 41,71
%
... teve um crescimento do capital de 3,13% no mês
... tem um crescimento do capital histórico de 209,52% (jan/2013).

Com relação aos proventos (calculados pelo preço médio de compra dos ativos):

Yield das ações no mês: 0,40% (no ano, 1,46%)
Yield do TD no mês: 0,00%* (no ano, 4,25%*)
Yield em abril: 0,35% (no ano, 1,81%)


 
Já a divisão da carteira ficou assim:



Ações:
ABEV3       9,47% 
CIEL3         3,95
GRND3      8,36%
ITUB3       11,70%
LREN3      10,01%
MDIA3        8,94%
PTBL3        6,19%
TAEE11     11,96%
VALE5      18,84% 
WEGE3    10,58%

TD:
NTN-F 010121 44,35% 
NTN-F 010123 14,95
NTN-F 010125 14,99%
NTN-F 010127 17,12%
NTN-F 010129   8,59%


Mais um mês de muito trabalho e de bons resultados na vida pessoal. Objetivos sendo alcançados com qualidade de vida, quem não quer?

A carteira, por sua vez, teve um desempenho melhor que o Ibovespa, mas nada excepcional. Tanto que, no anual, segue bem distante do índice. Vai alcançá-lo? Tomara...

Proventos:

- ITUB3      R$ 0,015/ação
- MDIA3     R$ 0,35/ação* 
- LREN3    R$ 0,52/ação*
- PTBL3     R$ 0,14/ação*

Compras de abril: M. Dias Branco, Itaú e Lojas Renner

Proventos previstos para maio: 


- ITUB3      R$ 0,015/ação
- GRND3    R$0,18/ação*
- TAEE11   R$ 0,16/ação*

*valores líquidos, já descontado o IR correspondente.

A bonificação em ações das Lojas Renner não teve quorum para aprovação. Na penúltima semana de abril começou a divulgação dos balanços do primeiro trimestre de 2019. As divulgações seguirão até a terceira semana de maio.

Segue relação dos ativos da minha carteira de ações com seus respectivos resultados do 1t19 (ou sua data de divulgação):

Ambev:              07/05/19
Cielo:                 R$ 589M
Grendene:         R$   77M
Itaú:                   02/05/19
Lojas Renner    R$ 162M
M. Dias Branco 10/05/19
Portobello:        13/05/19
Taesa:               06/05/19
Vale:                  09/05/19
Weg:                 R$ 308M

Bom, era isso. Um ótimo mês de maio a todos!


terça-feira, 16 de abril de 2019

Proventos e Investimentos - Abril 2019

Parcial de abril: 


Carteira 1,58% x -1,13% Ibovespa 

Proventos:

Tesouro Direto (cupons)

Yield de 0% no mês (4,25%* no ano)

Ações (dividendos e JCP)

- ITUB3      R$ 0,015/ação
- MDIA3     R$ 0,35/ação* 
- LREN3    R$ 0,27/ação*
- PTBL3     R$ 0,14/ação*

Yield de 0,33% no mês (1,40% no ano)

*valores líquidos, já descontado o IR correspondente.


Compras do mês: M. Dias Branco, Itaú e Lojas Renner.

Bom, era isso. Um ótimo final de abril a todos!

sexta-feira, 29 de março de 2019

Fechamento - Março 2019

Atualização da carteira em 29/03/2019:

Com base na planilha de cotas do AdP, a carteira...

 

... teve uma desvalorização de -1,76% no mês (Ibovespa -0,18%)
... valorizou 2,03% no ano (Ibovespa 8,57%)
... tem uma rentabilidade histórica de 41,06
%
... teve um crescimento do capital de -1,88% no mês
... tem um crescimento do capital histórico de 200,14% (jan/2013).

Com relação aos proventos (calculados pelo preço médio de compra dos ativos):

Yield das ações no mês: 1,06% (no ano, 1,08%)
Yield do TD no mês: 0,00%* (no ano, 4,25%*)
Yield em março: 0,93% (no ano, 1,48%)


 
Já a divisão da carteira ficou assim:


Ações:
ABEV3       8,69% 
CIEL3         4,90
GRND3      9,62%
ITUB3       11,56%
LREN3       9,17%
MDIA3        8,73%
PTBL3        6,34%
TAEE11     11,38%
VALE5      19,29% 
WEGE3    10,32%

TD:
NTN-F 010121 44,34% 
NTN-F 010123 14,94
NTN-F 010125 14,99%
NTN-F 010127 17,12%
NTN-F 010129   8,61%


Mais um março turbulento para a carteira. Um pouco mais ameno que fevereiro, mas ainda assim ruim.

Ao aprofundar a análise sobre o que aconteceu este mês, os números que realmente chamaram a minha atenção foram os dos balanços das empresas - e estes na sua maioria foram bons, como vocês mesmos poderão ver abaixo. 

Assim, só me resta seguir aportando, na expectativa de que os preços eventualmente sigam os lucros.



Chega de divagações. Voltemos à carteira.


Proventos:

- ITUB3    R$1,71/ação*
- WEGE3 R$0,16/ação*
- CIEL3    R$0,31/ação*


Compras de março: Ambev e Lojas Renner.

Proventos previstos para abril: 

ITUB3   (R$0,015/ação) 
MDIA3 (R$0,35/ação*)
LREN3 (R$0,27/ação*)

*valores líquidos, já descontado o IR correspondente.

Nos últimos dias de janeiro as empresas listadas na B3 começaram a divulgar seus balanços anuais e, como consequência, do quarto trimestre de 2018. 


No caso da minha carteira, Lojas Renner aproveitou este momento para anunciar também proventos em ações (na proporção de 1:10).

Abaixo, listo a relação dos ativos da minha carteira de ações com seus respectivos resultados do 4t18 e também o anual:

                               4T18             (2018)
Ambev:               R$ 3,463B    (R$ 11,377B)
Cielo:                  R$  780M       (R$ 3,559B)
Grendene:          R$ 252M          (R$ 586M)
Itaú:                    R$ 6,857B   (R$ 25,639B)
Lojas Renner      R$ 440M       (R$ 1,020B)
M. Dias Branco   R$ 139M         (R$ 723M)
Portobello:          R$ 28M           (R$ 134M)
Taesa:                 R$ 327M      (R$ 1,071B)
Vale:                   R$ 14,661B  (R$ 25,774B)
Weg:                   R$ 337M      (R$ 1,344
B)


Bom, era isso. Um ótimo mês de abril a todos!

segunda-feira, 18 de março de 2019

Proventos e Investimentos - Março 2019

Parcial de março: 


Carteira 2,81% x 4,61% Ibovespa 

Proventos:

Tesouro Direto (cupons)

Yield de 0% no mês (4,25%* no ano)

Ações (dividendos e JCP)

- ITUB3     R$1,71/ação*
- WEGE3  R$ 0,16/ação* 
- CIEL3     R$ 0,31/ação*

Yield de 1,06% no mês (1,08% no ano)

*valores líquidos, já descontado o IR correspondente.


Compras do mês: Ambev e Lojas Renner.

Bom, era isso. Um ótimo final de março a todos!

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Fechamento - Fevereiro 2019

Atualização da carteira em 28/02/2019:

Com base na planilha de cotas do AdP, a carteira...

 

... teve uma desvalorização de -2,62% no mês (Ibovespa -1,86%)
... valorizou 3,86% no ano (Ibovespa 8,76%)
... tem uma rentabilidade histórica de 43,52
%
... teve um crescimento do capital de -3,21% no mês
... tem um crescimento do capital histórico de 205,89% (jan/2013).

Com relação aos proventos (calculados pelo preço médio de compra dos ativos):

Yield das ações no mês: 0,007% (no ano, 0,014%)
Yield do TD no mês: 0,00%* (no ano, 4,25%*)
Yield em fevereiro: 0,06% (no ano, 0,55%)


 
Já a divisão da carteira ficou assim:


Ações:
ABEV3       8,34% 
CIEL3         5,57
GRND3      9,88%
ITUB3       11,96%
LREN3        8,83%
MDIA3        9,37%
PTBL3        6,67%
TAEE11     11,38%
VALE5       17,71% 
WEGE3     10,49%

TD:
NTN-F 010121 44,44% 
NTN-F 010123 14,94
NTN-F 010125 14,95%
NTN-F 010127 17,09%
NTN-F 010129   8,58%

Ano passado reclamei do mês de fevereiro ter sido de muito trabalho. Pois esse foi ainda mais, devido ao acúmulo de funções. O financeiro compensará, mas foi puxado...

Vamos aos números!


Proventos:

- ITUB3 R$0,015/ação 

Compras de fevereiro: M. Dias Branco.

Proventos previstos para março: 

- ITUB3    R$1,71/ação*
- WEGE3 R$0,16/ação*
- CIEL3    R$0,31/ação*
*valores líquidos, já descontado o IR correspondente.

Nos últimos dias de janeiro as empresas listadas na B3 começaram a divulgar seus balanços anuais e, como consequência, do quarto trimestre de 2018. 

No caso da minha carteira, Lojas Renner aproveitou este momento para anunciar também proventos em ações (na proporção de 1:10).

Abaixo, listo a relação dos ativos da minha carteira de ações com seus respectivos resultados do 4t18 e também o anual:

                               4T18             (2018)
Ambev:               R$ 3,463B    (R$ 11,377B)
Cielo:                  R$  780M       (R$ 3,559B)
Grendene:          R$ 252M          (R$ 586M)
Itaú:                    R$ 6,857B   (R$ 25,639B)
Lojas Renner      R$ 440M       (R$ 1,020B)
M. Dias Branco   11/03/2019      (R$ 584M)*
Portobello:          R$ 28M           (R$ 134M)
Taesa:                 28/03/2019     (R$ 744M)*
Vale:                   27/03/2019  (R$ 11,113B)*
Weg:                   R$ 337M      (R$ 1,344
B)

*somatório dos primeiros 9 meses.




Bom, era isso. Um ótimo mês de março a todos!