quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

Planejamento da carteira - controle, projeção e plano de ação para o primeiro semestre 2021

 

Desde que estabeleci objetivos para o meu dinheiro, janeiro e julho deixaram de ser meros meses de balanço: eles passaram a ser mais importantes do que isto.


O fechamento do semestre passou a ser um ponto de chegada/partida importante para a análise do planejamento estabelecido.

Como já expus nas postagens anteriores , cujos links podem ser acessados aquiaquiaquiaquiaquiaquiaquiaquiaquiaquiaqui, aquiaqui, aqui e aqui, a pergunta que me faço nestas horas é: "como estou me saindo?"

Eis a resposta atualizada, tendo por base os dados do 2° semestre de 2020:

Ganhos/Gastos (comparação com 2019)

                               (1° sem)        (2° sem)         (anual)
▲% dos Ganhos:    +14,09%       +2,61%         +8,12%
▲% dos Gastos:     -4,43%          +4,56%          -0,54%

Proporção dos Gastos com relação aos Ganhos:

             (1º sem)       (2° sem)        (anual)  
2020      66,06%        56,58%         61,38%
2019      78,86%        55,52%         66,73%
2018      78,76%        67,14%         72,69%
2017      81,10%        61,56%         69,96%
2016      73,14%        68,47%         70,71%
2015      49,05%        49,20%         49,12%
2014      43,45%        30,71%         35,98%
2013      48,49%        22,37%         33,58%
2012      45,91%        15,52%         27,45%
2011      67,71%        24,09%         40,11%
2010      66,53%        30,70%         44,55%
2009      80,14%        34,32%         51,25%

Meta: 50%

Aportes - proporção dos Aportes com relação aos Ganhos:

            (1º sem)      (2° sem)       (anual)
2020     31,43%        42,26%       36,83%
2019     20,86%        44,22%       32,99%
2018     18,46%        31,73%       25,39%
2017     13,97%        35,84%       26,43%
2016     30,20%        19,73%       24,76%
2015     46,76%        48,74%       47,68%
2014     45,53%        57,84%       52,23%
2013     34,04%        65,88%       52,60%
2012     42,67%        67,89%       56,12% 
2011     16,89%        67,45%       48,36%
2010     26,80%        61,16%       46,93% 
2009     14,36%        59,37%       45,18%

Renda Passiva (Yield) da Carteira:

2020       4,89%
2019       5,98%
2018       6,20%
2017       3,73%
2016       3,51%
2015       4,35%
2014      10,14%
2013      11,82%
2012       9,17%
2011       7,52%
2010       5,00%
2009       8,89%


Meta: 5% 
Uma vez apresentadas as variáveis, passo a comentá-las.


Com relação aos Ganhos:

Mais uma vez começarei o ano com um desafio bem definido: encontrar meios de incrementar a renda ativa, preferencialmente de forma definitiva.

Caso nada seja feito, minha previsão para dezembro/2021 é receber 4,92% menos recursos que em 2020. Numa perspectiva de inflação batendo com força, é um cenário que, definitivamente, não pode ocorrer!


Com relação aos Gastos:

Apesar do saldo final ser de relativa estabilidade, a combinação de fatores fez com que o percentual da relação ganhos/gastos chegasse mais próximo da meta almejada.

Agora é manter o foco, buscando otimizar ainda mais as despesas pessoais e retornar ao patamar de anos anteriores, mas sem grandes privações - a exemplo do que foram os últimos dois anos. 

Com relação aos Aportes:

O aporte semestral ficou 68,59% acima do planejado e, no histórico, 4,28% acima da meta decenal (2015-2024).

O ideal é não depender dessa 'gordura' para alcançar a meta decenal. Mas, diante das circunstâncias, dá um certo alívio saber que eu tenho alguma margem para trabalhar.

Com relação ao Yield:

A base de cálculo do Yield aqui apresentado é diferente da que divulgo mensalmente, pois ela leva em conta o patrimônio bruto (preço de compra, declarado no IRPF) do fechamento do ano anterior; já o Yield divulgado mês a mês tem por base o patrimônio bruto (preço de compra) do fechamento do mês em questão.

Em valores absolutos, houve um incremento de 57,22% nos proventos recebidos quando comparados ao segundo semestre de 2019 (-6,33% no ano).

Outro ponto a ser destacado com relação aos proventos recebidos é que eles corresponderam a 46,46% dos Gastos no semestre (33,62% no ano).


Acredito ser importante fazer também alguns esclarecimentos.

A meta de crescimento do patrimônio para 2020 é a mesma dos anos anteriores: 30%. No ano que passou ele cresceu 25,28%.

A divisão da carteira para 2020 ficou assim estabelecida: 80% Ações e 20% TD. Em dezembro ela se manteve longe disso (89,65% e 10,35%). Por
 ser a maior diferença entre classes de ativos que já tive, ela sugere alguma correção de rota. O mais provável é que eu opte por aportar valores além do reinvestimento dos cupons nos anos vindouros.

Nos últimos seis meses de 2020 não houve acréscimo de ativos novos à carteira, apenas rebalanceamentos. Os aportes reforçaram as posições de Ambev, Grendene, Itaú, Metal Leve, M. Dias Branco e Porto Seguro.

Taesa e Vale seguem sem novos aportes desde desde 2019. Weg e Cielo, desde 2018.

Para o próximo semestre já foram reinvestidos os cupons do TD  em NTN-F 010131 e prosseguirei com o balanceamento da carteira, nos moldes do que já venho fazendo (aporte + reinvestimento). 

Não planejo vender nenhum ativo, mas estou ciente de que pelo menos parte do aporte semestral será destinado para a renda fixa - e desta vez preciso cumprir esta parte.

Bom, era isso. Desejo a todos um 2021 mais tranquilo, na medida do possível.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2020

Fechamento - Dezembro 2020

 Atualização da carteira em 30/12/2020:



Com base na planilha de cotas do AdP, a carteira...

 

... teve uma valorização de 5,15% no mês (Ibovespa 9,28%)
... valorizou 17,52% no ano (Ibovespa 2,91%)
... tem uma rentabilidade histórica de 90,51
%
... teve um crescimento do capital de 5,56% no mês
... tem um crescimento do capital histórico de 401,04% (jan/2013).

Com relação aos proventos (calculados pelo preço médio de compra dos ativos):

Yield das ações no mês: 0,27% (no ano, 3,98%)
Yield do TD no mês: 0% (no ano, 7,22%)
Yield em dezembro: 0,24% (no ano, 4,39%)


 
Já a divisão da carteira ficou assim:


Ações:

ABEV3        6,14% 
CIEL3          1,23
GRND3       6,58%
ITUB3        10,01%
LEVE3        2,86%
LREN3        6,69%
MDIA3         6,39%
PSSA3        5,02%
TAEE11      9,38%
VALE5       19,85% 
WEGE3     25,85%

TD:
NTN-F 010123  11,91
NTN-F 010125  12,43%
NTN-F 010127  14,50%
NTN-F 010129  14,73%
NTN-F 010131  46,43%


Caso você goste de ouvir uma música enquanto lê o resumo do mês, deixo aqui uma sugestão: 

Muse - Uprising

Mais um ano que termina. Mais um ano que começa. Ao contrário dos anteriores, este custou para passar - em todo e qualquer sentido que possamos imaginar. E nada me faz pensar que 2021 será melhor, exceto aquele sentimento contagiante do Réveillon.

Mas, sinceramente?, eu só consigo pensar nas vidas perdidas... na vacina... e no descaso, claro... mas vou respeitar o objetivo deste blog e deixar este assunto para ser discutido em outro lugar, por pessoas melhor qualificadas, como o(a) tio(a) do WhatsApp, ou o(a) revoltado(a) do Twitter/Facebook.rs

Vamos aos números!

Proventos:

- ITUB3     R$0,015/ação
- ABEV3   R$0,35/ação*
- TAEE11  R$0,133/ação*
*valores líquidos, já descontado o IR correspondente.

Aporte: NTN-F010131

Proventos previstos para janeiro:

ITUB3 R$0,015/ação 
Cupons NTN-F: R$48,80/cupom**
**valor bruto, sem desconto do IR correspondente

O aporte foi voltado para a renda fixa, antecipando o reinvestimento dos cupons a serem recebidos em janeiro. Posso vir a reinvestir o valor dos cupons também? É uma possibilidade.

Bom, era isso. Desejo um feliz e próspero ano novo a todos!

quarta-feira, 16 de dezembro de 2020

Proventos e Investimentos - Dezembro 2020

 Parcial de dezembro: 


Carteira 4,99% x 8,23% Ibovespa 

Proventos:

Tesouro Direto (cupons)

Yield de 0% no mês (7,55%* no ano)

Ações (dividendos e JCP)

- ITUB3    R$0,015/ação
- ABEV3  R$0,35/ação*
- TAEE11 R$0,133/ação*


Yield de 0,27% no mês (3,98% no ano)


Compras do mês: ainda não foram feitas. Candidatas: Metal Leve, Porto Seguro e M. Dias Branco.

Bom, era isso. Bom final de ano a todos!

segunda-feira, 30 de novembro de 2020

Fechamento - Novembro 2020

 Atualização da carteira em 30/11/2020:



Com base na planilha de cotas do AdP, a carteira...

 

... teve uma valorização de 8,91% no mês (Ibovespa 16,09%)
... valoriza 11,82% no ano (Ibovespa -5,68%)
... tem uma rentabilidade histórica de 81,76
%
... teve um crescimento do capital de 10,26% no mês
... tem um crescimento do capital histórico de 374,63% (jan/2013).

Com relação aos proventos (calculados pelo preço médio de compra dos ativos):

Yield das ações no mês: 0,60% (no ano, 3,71%)
Yield do TD no mês: 0% (no ano, 7,56%)
Yield em novembro: 0,54% (no ano, 4,17%)


 
Já a divisão da carteira ficou assim:




Ações:

ABEV3        5,81% 
CIEL3          1,17
GRND3       6,89%
ITUB3         9,70%
LEVE3        2,84%
LREN3        7,22%
MDIA3         6,40%
PSSA3        5,18%
TAEE11      9,75%
VALE5       18,54% 
WEGE3     26,50%

TD:
NTN-F 010123  12,85
NTN-F 010125  13,11%
NTN-F 010127  15,09%
NTN-F 010129  15,26%
NTN-F 010131  43,69%


Portas em automático? Não... só férias mesmo. 

Mais um mês enfurnado em casa, num ano de home office, na torcida para que 2020 termine sem maiores problemas. Mas tá difícil...

Que ano complicado!


Proventos:

- ITUB3    R$0,015/ação
- TAEE11 R$1,336/ação*
- GRND3 R$0,023/ação

Aporte: Porto Seguro e Metal Leve


Proventos previstos para dezembro:

- ITUB3      R$ 0,015/ação


Agora em outubro começou a divulgação dos balanços do terceiro trimestre de 2020. As divulgações seguirão até a segunda quinzena de novembro.

Segue a relação dos ativos da minha carteira de ações com seus respectivos resultados do 3t20, ou sua data de divulgação:

Ambev:              R$2,274B
Cielo:                 R$ 100M    
Grendene:         R$ 110M 
Itaú:                   R$4,610B
Lojas Renner    (R$83M)
Metal Leve        R$41M
M. Dias Branco  R$265M
Porto Seguro     R$399M
Taesa:               R$632M
Vale:                  R$15,615B
Weg:                  R$ 644M


Bom, era isso. Um mês de dezembro mais ameno a todos!

terça-feira, 17 de novembro de 2020

Proventos e Investimentos - Novembro 2020

Parcial de novembro: 


Carteira 10,42% x 13,35% Ibovespa 

Proventos:

Tesouro Direto (cupons)

Yield de 0% no mês (7,55%* no ano)

Ações (dividendos e JCP)

- ITUB3    R$0,015/ação
- TAEE11 R$1,336/ação*
- GRND3 R$0,023/ação


Yield de 0,62% no mês (3,80% no ano)


Compras do mês: ainda não foram feitas. Candidatas: Metal Leve, Porto Seguro, Ambev e M. Dias Branco.

Bom, era isso. Bom final de novembro a todos!

sexta-feira, 30 de outubro de 2020

Fechamento - Outubro 2020

 Atualização da carteira em 30/10/2020:



Com base na planilha de cotas do AdP, a carteira...

 

... teve uma desvalorização de -3,52% no mês (Ibovespa -0,68%)
... valoriza 2,70% no ano (Ibovespa -18,75%)
... tem uma rentabilidade histórica de 68,30
%
... teve um crescimento do capital de -1,31% no mês
... tem um crescimento do capital histórico de 312,58% (jan/2013).

Com relação aos proventos (calculados pelo preço médio de compra dos ativos):

Yield das ações no mês: 0,81% (no ano, 3,21%)
Yield do TD no mês: 0% (no ano, 7,56%)
Yield em outubro: 0,71% (no ano, 3,75%)


 
Já a divisão da carteira ficou assim:





Ações:

ABEV3        5,61% 
CIEL3          1,21
GRND3       7,38%
ITUB3          9,24%
LEVE3        2,14%
LREN3        6,75%
MDIA3         7,14%
PSSA3        4,75%
TAEE11      9,30%
VALE5       16,12% 
WEGE3     30,36%

TD:
NTN-F 010123  12,85
NTN-F 010125  13,11%
NTN-F 010127  15,06%
NTN-F 010129  15,22%
NTN-F 010131  43,76%

Carteira subiu de escada... para despencar de um alçapão nos últimos 3 dias.

Proventos:

- ITUB3      R$ 0,015/ação


Aporte: Porto Seguro


Proventos previstos para novembro:

- ITUB3      R$ 0,015/ação
- GRND3   R$ 0,023/ação


Agora em outubro começou a divulgação dos balanços do terceiro trimestre de 2020. As divulgações seguirão até a segunda quinzena de novembro.

Segue a relação dos ativos da minha carteira de ações com seus respectivos resultados do 3t20, ou sua data de divulgação:

Ambev:              R$2,274B
Cielo:                 R$ 100M    
Grendene:         R$ 110M 
Itaú:                   03/11/2020
Lojas Renner     05/11/2020
Metal Leve        11/11/2020
M. Dias Branco  06/11/2020
Porto Seguro     03/11/2020 
Taesa:               11/11/2020
Vale:                  R$15,615B
Weg:                  R$ 644M

Bom, era isso. Um excelente mês de novembro a todos!