quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Fechamento - Agosto 2017

Atualização da carteira em 31/08/2017:

Com base na planilha de cotas do AdP, a carteira...

 

... teve uma valorização de 3,63% no mês (Ibovespa 7,46%)
... valorizou 22,06% no ano (Ibovespa 17,61%)
... tem uma rentabilidade histórica de 27,96
%
... teve um crescimento do capital de 4,83% no mês
... tem um crescimento do capital histórico de 146,20% (jan/2013).

Com relação aos proventos (calculados pelo preço médio de compra dos ativos):

Yield das ações no mês: 0,47% (no ano, 2,35%)
Yield dos FII no mês: 0% (no ano, 2,52%)
Yield do TD no mês: 0% (no ano, 7,91%)
Yield em agosto: 0,41% (no ano, 3,25%)


 
Já a divisão da carteira ficou assim:



Ações:
ABEV3       9,78% 
CIEL3       12,18% 
ELPL4        9,80%
GRND3    11,83%
ITUB3       11,62%
PTBL3       6,26%
TAEE11    11,40%
VALE5      16,76% 
WEGE3    10,37%

TD:
NTN-F 010121 51,63% 
NTN-F 010123 17,05
NTN-F 010125 16,92%
NTN-F 010127 14,40%






Pink Floyd - Money

O tempo não passa, amigos; ele voa.

Em agosto completei dez anos adquirindo ações no Mega Bolsa (hoje, Puma). Dez!



Eu costumo dizer por aqui que o resultado mensal nada mais é que uma foto dentro de um filme muito maior. No meu caso, o filme da renda variável completou uma década de idas e vindas, de trades e buy and hold, de blue chips e ações que sequer existem mais - como TMCP4, RDCD3, e, mais recentemente, CRUZ3.

Nessas horas que eu até fico tentado a compartilhar alguns números com vocês, mas a vontade logo passa.rs 

Analisando friamente os números alcançados até aqui, posso dizer que a evolução do aprendizado foi muito positiva, principalmente depois que passei a acompanhar/fazer parte da blogosfera.

Não é brincadeira: ter um blog ajudou muito o meu amadurecimento como investidor. Me forçou a ser alguém melhor quando o assunto é dinheiro, e isso pode ser visto abaixo.

Os resultados ainda estão longe de alguns Titãs da nossa Blogosfera, bem sei, mas começam a mostrar sua força.


Chega de conversa, passemos aos números.

Proventos:

- ITUB3:     R$0,35/ação*
- GRND3:   R$0,18/ação
- PTBL3;    R$0,06/ação*
- TAEE11:  R$0,17/ação*
- WEGE3:  R$0,16/ação*


Compras de agosto: Cielo, Taesa e Vale.
Venda de agosto: Cemig.

Proventos previstos para setembro: ITUB3 (R$0,015/ação) e CIEL3 (R$0,47/ação*)

*valores líquidos, já descontado o IR correspondente.

Vendi Cemig por 2 motivos: 1- a empresa deixou de equiparar proventos para ambos os ativos; 2- essa história da renovação das usinas estava me deixando de cabelo em pé. 

Assim, a empresa segue o caminho dela e eu sigo o meu. Desejo sangue frio para quem permanecer comprado nela. E vida que segue.

Quando tomamos a decisão de aprender a investir nosso dinheiro, nos deparamos com a máxima de que o mercado sempre tenta antecipar os desdobramentos futuros das empresas. O famoso subir no boato e descer no fato.

Nos momentos de divulgação de balanços o encontro da expectativa com a realidade fica bastante evidente para o mercado, o que reflete diretamente na cotação dos ativos que fazem parte da minha carteira.

Segue relação dos ativos e seus resultados trimestrais, com o respectivo lucro anual:


Ambev:         R$ 4,415B
Cielo:            R$2,086B
Eletropaulo:  R$44M
Grendene:    R$ 264M
Itaú:             R$ 12,67B
Portobello:   R$42M
Taesa:         R$273M
Vale:            R$ 8,112B
Weg:           R$ 529,8M

Bom, era isso. Um ótimo mês de setembro a todos!

8 comentários:

  1. Olá LL, por enquanto não venderei CEMIG, a empresa está vendendo ativos para diminuir endividamento e isso é bom, ano que vem tem eleição, novos administradores a vista. Também, assim como mencionou no postagem, devagar vou evoluindo como investidor. Abraço

    ResponderExcluir
  2. Estes pontos que você levantou são muito positivos mesmo, Beto.

    O que pesou mesmo para mim foi constatar que, na melhor das hipóteses, a empresa terá de se alavancar ainda mais só para manter a capacidade atual de geração de energia, uma vez que o Governo Federal já deixou claro que não vai aceitar a renovação das usinas sem uma contrapartida.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Tb pulei fora desta CEMIG, rs
    Vc é um dos mais antigos por aqui. Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Qual sua estrategia para comprar NTNF?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu costumo utilizar o título NTN-F do Tesouro Direto como garantia de recursos no começo do ano (Tesouro Prefixado com Juros Semestrais).

      Uma vez que este título paga cupons no primeiro dia útil de janeiro e de julho, ele não só elimina a despesa semestral de custódia do TD, mas assegura também uma renda extra sem a necessidade de movimentação – leia-se venda – do mesmo.

      No meu caso, estou tão bem organizado que consigo reinvestir a totalidade dos cupons, o que acaba gerando uma renda maior a cada semestre.

      Abraço!

      Excluir
  5. Acompanho sempre seu blog. Desejo sucesso. Parabens pela caminhada.

    ResponderExcluir